A PHP Error was encountered

Severity: Notice

Message: Only variable references should be returned by reference

Filename: core/Common.php

Line Number: 257

A PHP Error was encountered

Severity: Warning

Message: Cannot modify header information - headers already sent by (output started at /home/kelle/dhpaz.org/system/core/Exceptions.php:185)

Filename: libraries/Session.php

Line Number: 675

A PHP Error was encountered

Severity: Warning

Message: Cannot modify header information - headers already sent by (output started at /home/kelle/dhpaz.org/system/core/Exceptions.php:185)

Filename: libraries/Session.php

Line Number: 675

Depoimento para a História - A resistência à ditadura militar no Paraná

Depoimento para a História - A resistência à ditadura militar no Paraná


Nome: Milton Ivan Heller

Profissão: Jornalista

Idade: 82 anos

MILTON IVAN HELLER já era repórter do jornal Última Hora numa época em que a profissão de jornalista nem existia. Observador atento e testemunha dos acontecimentos políticos no Paraná e no país, Milton sentia que a plena liberdade experimentada antes de 1964 estava com os dias contados.

“Eu era repórter de política e sabíamos que o apoio ao governo João Goulart tornaria o Última Hora um jornal maldito”, afirma. Tanto que no dia seguinte ao golpe, o jornal de maior circulação no país era fechado e seu dono, Samuel Wainer, teve seus direitos políticos cassados. A redação de Curitiba, assim como Londrina, também foi cercada e os profissionais proibidos de trabalhar.

Durante quatro anos, os jornalistas que ali trabalhavam foram processados pela Justiça Militar, sendo absolvidos no final. Além de Milton, entre eles estavam Walmor Marcelino, Cícero Cattani, Adherbal Fortes de Sá Junior, Edésio Passos, Délio César, Newton Stadler de Souza, Sílvio Back, Jairo Araujo Régis, Milton Cavalcanti e Luiz Geraldo Mazza. O advogado de defesa era Renê Ariel Dotti, junto com Hélio Narezi e Antonio Acir Breda.

E foi durante esse período do processo do Última Hora que Milton começou a reunir informações, documentos e ouvir depoimentos “para um dia, quem sabe, publicar essas memórias”. Em 1985, com o apoio do então Secretário de Cultura, Renê Dotti, ele conseguiu publicar relatos de militantes de esquerda perseguidos, presos e torturados pela ditadura reunidos no livro ‘Resistência Democrática – A repressão no Paraná’. Outros escritos se seguiram a este, versando sobre esse período sombrio da história brasileira.  

 

 

Voltar para depoimentos

Visite-nos:

Rua Voluntários da Pátria, 475, Ed. Asa

Escritório: conjunto 1209, 12º andar

Mini auditório: conjunto 608, 6º andar

Centro - Curitiba/Pr - 80020-000

Fone: ++ 41 3079-1759