A PHP Error was encountered

Severity: Notice

Message: Only variable references should be returned by reference

Filename: core/Common.php

Line Number: 257

A PHP Error was encountered

Severity: Warning

Message: Cannot modify header information - headers already sent by (output started at /home/kelle/dhpaz.org/system/core/Exceptions.php:185)

Filename: libraries/Session.php

Line Number: 675

A PHP Error was encountered

Severity: Warning

Message: Cannot modify header information - headers already sent by (output started at /home/kelle/dhpaz.org/system/core/Exceptions.php:185)

Filename: libraries/Session.php

Line Number: 675

No recrudescimento da ditadura, pós-Médici, é o ápice da violência e da falta de ética e liberdade.

No recrudescimento da ditadura, pós-Médici, é o ápice da violência e da falta de ética e liberdade.


Nome: Daniel Faria

Profissão: Professor, compositor e poeta

Idade: 59 anos

RÔMULO DANIEL BARRETO DE FARIA é o mais novo de quatro irmãos perseguidos e presos pela Ditadura. Influenciado pelas concepções e experiências de seus irmãos mais velhos, participou do Movimento Estudantil no começo dos Anos de Chumbo. Essas atividades culminaram, inicialmente, em pressão para que sua mãe retirasse os três filhos do colégio militar, caso contrário seriam expulsos.

Mais tarde, quando Daniel e seus irmãos aderiram à Ação Popular, seguindo os passos de Hamilton, o mais velho, acabaram presos e interrogados. Enquanto Paulo foi torturado, talvez tenha sido a minoridade penal de Daniel à época que lhe salvou dos suplícios maiores do cárcere – ainda que haja vários registros de menores torturados pela repressão.

Embora sua trajetória nos porões da Ditadura tenha sido breve, é um testemunho fidedigno da prisão e do sofrimento de amigos e familiares, bem como da trajetória de uma mãe simples, que se viu obrigada a deixar seu “pequeno mundo doméstico” para enfrentar o regime em busca de seu primogênito sequestrado pelos militares.

Belíssimo depoimento, regado com poesia e música dedicada à bravura dos que lutaram e a essa mãe, digna da obra de Máximo Gorki.

 

 

Voltar para depoimentos

Visite-nos:

Rua Voluntários da Pátria, 475, Ed. Asa

Escritório: conjunto 1209, 12º andar

Mini auditório: conjunto 608, 6º andar

Centro - Curitiba/Pr - 80020-000

Fone: ++ 41 3079-1759