A PHP Error was encountered

Severity: Notice

Message: Only variable references should be returned by reference

Filename: core/Common.php

Line Number: 257

A PHP Error was encountered

Severity: Warning

Message: Cannot modify header information - headers already sent by (output started at /home/kelle/dhpaz.org/system/core/Exceptions.php:185)

Filename: libraries/Session.php

Line Number: 675

A PHP Error was encountered

Severity: Warning

Message: Cannot modify header information - headers already sent by (output started at /home/kelle/dhpaz.org/system/core/Exceptions.php:185)

Filename: libraries/Session.php

Line Number: 675

Depoimento para a História - A resistência à ditadura militar no Paraná

Depoimento para a História - A resistência à ditadura militar no Paraná


Nome: Ramires Moacir Pozza

Profissão: Empresário

Idade: 63 anos

A história de militância de RAMIREZ MOACIR POZZA começa no antigo científico quando estudava no Colégio Estadual Gastão Vidigal. Adolescente ainda, começou a ter contato com o pensamento crítico. Lá conheceu o professor Renato Bernardi, que em 1978 foi eleito deputado estadual pelo MDB. “Era uma pessoa preparada, culta, e passou para nós a insatisfação com a ditadura militar”, lembra.

 Ramires se integra ao grupo mais combativo do MDB, composto por nomes como Alencar Furtado. “Minha militância se dava dentro do movimento estudantil, levando a bandeira da liberdade de expressão e pelo fim da ditadura”, rememora.

 A participação em passeatas e apoio aos movimentos sindicais e sociais fez com que Ramires ganhasse a atenção, junto com o grupo de esquerda na região, da repressão. “Eu era o orador oficial dos comícios, fazia um ‘esquenta’ antes dos discursos das lideranças”, afirma. 

Em 1970, agentes do exército chegam a Maringá e realizam a prisão de militantes do PCBR, entre eles José Aparecido Sforni, Tarciso Trindade, Laércio Souto Maior, Juvência Batista dos Santos e o próprio Ramires, embora ele não tivesse uma vinculação formal com a organização. Pozza foi levado para Apucarana, enquanto outros foram transferidos para Curitiba. Os detidos responderam a um IPM, tendo como advogado de defesa Antônio Acir Breda.

 

Voltar para depoimentos

Visite-nos:

Rua Voluntários da Pátria, 475, Ed. Asa

Escritório: conjunto 1209, 12º andar

Mini auditório: conjunto 608, 6º andar

Centro - Curitiba/Pr - 80020-000

Fone: ++ 41 3079-1759