A PHP Error was encountered

Severity: Notice

Message: Only variable references should be returned by reference

Filename: core/Common.php

Line Number: 257

A PHP Error was encountered

Severity: Warning

Message: Cannot modify header information - headers already sent by (output started at /home/kelle/dhpaz.org/system/core/Exceptions.php:185)

Filename: libraries/Session.php

Line Number: 675

A PHP Error was encountered

Severity: Warning

Message: Cannot modify header information - headers already sent by (output started at /home/kelle/dhpaz.org/system/core/Exceptions.php:185)

Filename: libraries/Session.php

Line Number: 675

Depoimento para a História - A resistência à ditadura militar no Paraná

Depoimento para a História - A resistência à ditadura militar no Paraná


Nome: Francisco Timbó de Souza

Profissão: Advogado e Jornalista

Idade: 70 anos

FRANCISCO TIMBÓ DE SOUZA começou sua militância política em Fortaleza, envolvido com o grêmio estudantil. Com notas baixas por causa da agitação política, deixa o Ceará em 1959 rumo a Brasília. Um ano depois, segue para Maringá, interior do Paraná, onde se matricula no Colégio Gastão Vidigal e novamente participa das agitações promovidas pela União Municipal de Estudantes Secundaristas (UMES), além dos movimentos sociais.

Para sobreviver, começa sua atuação em jornais vendendo assinatura e também escrevendo notícias. “A partir dai, eu passei a desempenhar uma liderança ativa, sendo eleito representante do colégio no Congresso da UPES em 68”, relembra. Desde então, começou a ser perseguido e passou a ser chamado para fazer esclarecimentos na Polícia Federal, “sempre na gritaria: Você é comunista? Você é subversivo?”.

Em 1968, estava entre os estudantes que fizeram um protesto na visita do então governador Paulo Pimentel à cidade, em frente ao Hotel Bandeirantes. “Botamos ele para correr”, diz Timbó, que a essa altura já era filiado ao MDB. Eleito vereador em 1972, ele lembra que era o único a fazer oposição a Silvio Barros, “prefeito que tinha ódio mortal de mim por causa do movimento estudantil”.

Em 1980, Timbó obtém o diploma de Direito após sete anos de curso. “Demorei porque estava sempre agitando”. Hoje Timbó é diretor da Tribuna de Paiçandu.

 

Voltar para depoimentos

Visite-nos:

Rua Voluntários da Pátria, 475, Ed. Asa

Escritório: conjunto 1209, 12º andar

Mini auditório: conjunto 608, 6º andar

Centro - Curitiba/Pr - 80020-000

Fone: ++ 41 3079-1759