A PHP Error was encountered

Severity: Notice

Message: Only variable references should be returned by reference

Filename: core/Common.php

Line Number: 257

A PHP Error was encountered

Severity: Warning

Message: Cannot modify header information - headers already sent by (output started at /home/kelle/dhpaz.org/system/core/Exceptions.php:185)

Filename: libraries/Session.php

Line Number: 675

A PHP Error was encountered

Severity: Warning

Message: Cannot modify header information - headers already sent by (output started at /home/kelle/dhpaz.org/system/core/Exceptions.php:185)

Filename: libraries/Session.php

Line Number: 675

Depoimento para a História - A resistência à ditadura militar no Paraná

Depoimento para a História - A resistência à ditadura militar no Paraná


Nome: João Elias de Oliveira

Profissão: Advogado

Idade: 70 anos

Em 1965, JOÃO ELIAS DE OLIEIRA ingressa no curso de Direito da Universidade Federal do Paraná junto com grande parte do grupo de amigos do Colégio Estadual, entre eles Luiz Felipe Haji Mussi e Carlos Frederico Marés. Diferente da movimentação política no clássico, a orientação muda na universidade em função do início da ditadura. “Tínhamos um grupo que organizava o Teatro de Estudos Universitários, que promovia noites de discussões de peças políticas”, conta João Elias, que destaca a participação do curso de Jornalismo dos estudantes Fabio Campana e Walmor Marcelino.

Embora houvesse muitos estudantes que não estavam vinculados a organizações políticas, chamados de independentes, outros sentiam necessidade de pertencer a alguma célula da Ação Popular (AP) ou Política Operária Comunista (Polop), as mais atuantes neste momento. João Elias faz parte da AP e participa de reuniões, passeatas e ações promovidas durante a resistência à ditadura.

Com o AI-5 em 13 de Dezembro de 1968, João Elias deixa Curitiba e vai para Londrina trabalhar na Cacique Café Solúvel, mesma empresa que abrigou Leo de Almeida Neves e Hélio Duque, todos com ficha no Dops e que teriam dificuldades para encontrar trabalho na grande maioria das empresas. Após 12 anos na empresa, com uma temporada em São Paulo, João Elias, já casado e com o curso de Direito concluído, retorna a Curitiba em 80 e participa da campanha ao governo de José Richa em 82.

Mas foi a partir de 1994 com a eleição de Jaime Lerner ao Governo do Paraná, que João Elias considera o ápice de sua militância política. “Foi nomeado Ouvidor Geral do Estado do Paraná e permaneci no cargo sete anos. Criamos um modelo de ombudsman que serve de modelo para o Brasil”, afirma.

E foi na condição de Ouvidor que João Elias presidiu em 1998 a primeira Comissão de indenização aos ex-presos políticos instituída pela Lei 11.255/95 de autoria do então deputado estadual Beto Richa, que em 2010 é eleito Governador do Paraná. “Foi a primeira lei no país aprovada num Legislativo a reconhecer a luta e o sofrimento daqueles que participaram da resistência à ditadura”. 

 

 

Voltar para depoimentos

Visite-nos:

Rua Voluntários da Pátria, 475, Ed. Asa

Escritório: conjunto 1209, 12º andar

Mini auditório: conjunto 608, 6º andar

Centro - Curitiba/Pr - 80020-000

Fone: ++ 41 3079-1759